Fundada em 19 de novembro de 1997, por Antonio Donizetti Bianconi, a Comunidade Católica Querigma é uma associação privada de fiéis, de âmbito diocesano, que se insere no contexto das chamadas Novas Comunidades ou Novas Fundações, tal como São João Paulo II as apresenta em sua Exortação Apostólica Pós-Sinodal sobre a vida consagrada e a sua missão na Igreja e no mundo, Vita consecrata, de 25 de março de 1996:

  • “A perene juventude da Igreja continua a manifestar-se também hoje: nos últimos decênios depois do Concílio Ecumênico Vaticano II, apareceram formas novas ou renovadas de vida consagrada. […] Estas novas formas de vida consagrada, que se vêm juntar às antigas, testemunham a constante atração que a doação total ao Senhor, o ideal da comunidade apostólica, os carismas de fundação continuam exercendo mesmo sobre a geração atual, e são sinal também da complementaridade dos dons do Espírito Santo” (n. 12);
  • “A originalidade destas novas comunidades consiste, frequentemente, no fato de se tratar de grupos compostos de homens e mulheres, de clérigos e leigos, de casados e solteiros, que seguem um estilo particular de vida, inspirado, às vezes, numa ou noutra forma tradicional ou adaptado às exigências da sociedade atual. Também o seu compromisso de vida evangélica se exprime em formas diversas, manifestando-se, como tendência geral, uma intensa aspiração à vida comunitária, à pobreza e à oração” (n. 62).

Portanto, os membros da Comunidade Católica Querigma – casados e solteiros – são vocacionados à consagração de vida, organizando-se segundo duas realidades distintas, intrinsecamente vinculadas entre si: a Comunidade de Vida e a Comunidade de Aliança. Os membros da Comunidade de Vida dedicam-se, exclusivamente, ao carisma e à missão, abdicando, integralmente, de seus bens e ocupações; os membros da Comunidade de Aliança também se dedicam ao carisma e à missão, conservando seus bens e ocupações e comprometendo-se a cooperar, financeiramente, com o sustento da Instituição.